Quais são as melhores qualidades que se pode ter?

PERGUNTA:

Quais são as melhores qualidades que uma pessoa pode ter?

(se também quiser falar sobre os piores defeitos…)

RESPOSTA:

Difícil essa pergunta, só a Carlotan mesmo… Deve ser vingança porque a fiz chorar com a outra pergunta (risos).

O ser humano é engraçado mesmo… pensar nos piores defeitos é beeeem mais fácil que pensar nas melhores qualidades… bizarro! Mas vou tentar seguir o caminho politicamente correto.

Antes de apresentar a minha listinha é importante pensarmos porque estamos aqui (sim, aqui nesse mundo, nessa vida). Chegamos ao mundo sem pedir (pelo menos na maioria das religiões é assim) e quando menos percebemos começamos a ser bombardeados por estímulos do mundo que nos cerca (não acredito na teoria da tabula rasa, sinceramente não acho que as pessoas vem para esse mundo como uma folha em branco que será escrita pela sua vida social no decorrer dos anos – genética matters, oh yes!). Estes estímulos começam a nos moldar tanto para o “bem” quanto para o “mal”. Neste ponto surgem nossos piores defeitos e nossas piores qualidades. O que está por trás disso: o mundo nos altera e nós só por existirmos também alteramos esse mundo (e as pessoas nele).

Sendo assim, acredito que as melhores qualidades que uma pessoa pode ter são aquelas relacionadas às interações sociais (afinal, passamos a maior parte do tempo das nossas vidas interagindo com alguém). Nesta linha, as melhores qualidades (considerando um ser “normal”, ou seja, não-psicopata) seriam:

Positioning (não encontrei um termo em português para explicar esta palavra): resumo como a capacidade de se colocar no lugar do outro. Se todos os seres humanos tivessem essa qualidade viveríamos em grande harmonia. É essa capacidade que ativa nossos filtros em cada relação que temos no dia-a-dia. É ela que nos diz que “puxa isso não é importante pra mim, mas é importante para essa pessoa”; “ela é super sensível, vou tentar dar essa notícia da maneira mais delicada possível” e por aí vai). Pode ser usada para o “mal” também: os maiores manipuladores tem essa qualidade super desenvolvida (entender o outro é o primeiro passo para manipulá-lo).

Auto-conhecimento: Enfim, se esta qualidade existisse na plenitude acabaríamos com os terapeutas (e quero deixar claro que gosto muito da minha). “Olhar para o próprio umbigo” com uma certa freqüência é muito importante para não ficarmos projetando nossas neuroses e medos a torto e a direito por aí (e acabar piorando as neuroses alheias de tabela). Mas esse processo pressupõe uma outra qualidade: a humildade (é preciso ser muito humilde para admitir que você não é perfeito e que muitas vezes você pode se tornar uma máquina de fazer o mal, mesmo que pense que só faça o bem no dia-a-dia).

Calorosidade: É difícil explicar essa qualidade… Encontrei no Houaiss a seguinte definição “que demonstra energia, entusiasmo; enfático, veemente; que infunde ânimo, que desperta simpatia e/ou sensação de afeto“. Enfim, são pessoas que te carregam de energia ao invés de sugar a sua (sim, eu acredito nesse lance de energia… vai negar quem nunca teve uma discussão com alguém e saiu totalmente sem energia dela). Sabe aquele(a) amigo(a) que você encontra quando está mega cansada depois de um dia do trabalho e numa conversa (tanto faz se “cabeça” ou “100% supérflua”) consegue te recarregar? Esses são difíceis de encontrar, mas normalmente são aqueles amigos que contamos numa mão só (são poucos e raros, muito raros). Normalmente você tem que ser minimamente “bem resolvido” (volto aqui para a questão do auto-conhecimento) para conseguir emanar energia e entusiasmo. Ah, também sei que não dá pra ser caloroso todos os dias (isso seria quase uma psicopatia… risos)… até o mais caloroso dos seres passa por dias de aridez energética… afinal, são os altos e baixos que nos fazem seres humanos.

Eu poderia listar mais algumas qualidades… mas realmente acho que as aqui mencionadas são as melhores que se pode ter. Ai ai (suspiro) se todos tivessem o mínimo destas qualidades o mundo seria muito mais colorido… muito mais yellow. :P

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s